Espacinho de Solidão!

Gosto do tempo frio. Dos dias chuvosos. Especialmente pela possibilidade do espacinho de solidão que os guarda-chuvas nos permitem. E, dentro deles, protegidinha, consigo perceber os excessos e os escassos. As Faltas. Falta dinheiro no bolso. Falta o outro pra andar de mãos dadas. Falta tudo o que falta numa grande cidade. Ausência de pertencimento. E ainda assim, felicidade acontecendo, quietinha, do lado de dentro do guarda-chuva…mesmo sendo ele um artefato safado, comprado numa banca de revista a dez centavos, só para aquele momento de rua, com seu forro em tecido barato, prestes a se desintegrar.


Maíra Viana